O Natal do Ano 2017

 

Hoje é celebrado o Natal. Um dia para se lembrar que o menino Jesus nasceu na Terra 100% humano e 100% divino. A Bíblia nos mostra que no momento exato Deus materializou o plano de salvação.

Somente o Criador poderia salvar Sua criatura com perfeição. Ser nosso início, único meio e o fim para o qual nossa essência sempre aponta como bússola ao norte. Mas, não só na Terra. É preciso que eu permita que Jesus nasça em mim, todos os dias, como o marinheiro escolhe a cada fração de segundo seguir com determinação a bússola até atracar no cais.

Na noite desse Natal um morador de Tamanicuá faleceu. Pude observá-lo durante o dia: brincou, sorriu, tomou banho de rio, pescou, e realizou tantas outras atividades comuns. Ninguém imaginava. Dormiu, mas não acordou.

Dia 25 de morte ou nascimento? Cabe múltipla escolha! Na alternativa A pode-se apenas cumprir a cadeia de energia falecendo em matéria e voltar ao pó da terra com ou sem Esperança. Na B pode-se viver em matéria como se fazer parte do mundo fosse uma mera sequência de atos cotidianos moralmente bons ou maus. Na C pode-se viver em matéria mas escolher morrer pro orgulhoso eu e nascer em novidade de vida, permanecendo em Cristo, emborcado de frutos.

Parando pra pensar isoladamente na alternativa B percebo quanta gente sem Vida celebrou o Natal.

O tempo passa e as circunstâncias mudam. Não desvalorize o presente, não economize no amor, o recomeço pode ser quando você quiser, arranque sorrisos!, revide carinhos, suspenda o orgulho!!, seja a boa sorte no dia de alguém, andai em Amor, ocupe a mente com Aquele que poduz virtudes renovando o seu entendimento, seja transbordante, não admita ser razo no bem.

Feliz Natal! Que ele seja diário em nós!

 
 

Sobre a Autora
Nathane é natural de Campo Luziânia/GO, e é enfermeira na lancha Luzeiro XXVI, que trabalha no município de Juruá, nos rios Solimões e Juruá.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *